top of page
  • InterSports America

Brasil é 2o no ranking do Pan. Em 1o? Os EUA!


Os jogos Pan-Americanos de Lima tiveram sua cerimônia de encerramento ontem, no domingo dia 12 de agosto. E com isso o Brasil encerrou sua melhor participação no Pan de todos os tempos: quebrou o recorde de medalhas de ouro em um Pan-Americano com 55 e conquistou 171 medalhas no total, garantindo o segundo lugar no ranking.


Quadro de Medalhas Pan-Americano 2019.
Quadro de Medalhas Pan-Americano 2019. Fonte: Globoesporte.com

O primeiro lugar ficou com a imbatível seleção dos Estados Unidos, que conquistou mais do que o dobro de medalhas de ouro que o Brasil, segundo lugar da competição.

Uma potência nos esportes há anos, os Estados Unidos possuem uma cultura esportiva muito forte, valorizando-o desde as escolas. Atletas que se destacam recebem bolsas de estudos, inclusive para a Universidade.

Os campeonatos escolares e universitários são gigantes, as estruturas são de primeiro mundo. Existem três principais ligas universitárias (NJCAA, NAIA e NCAA) e segundo a própria NCAA, apenas suas duas divisões (DI e DII) distribuem anualmente 2.9 bilhões de dólares em bolsas de estudos para mais de 150,000 estudantes-atletas. São 24 modalidades que fazem parte do quadro esportivo das instituições de graduação. Só na NAIA, são mais de 19,500 times em todo o território nacional! E não só o esporte é valorizado, como o desempenho acadêmico também: os estudantes-atletas precisam ter uma média de notas boa para ficarem elegíveis a participar dos campeonatos - e com isso manterem suas bolsas. A filosofia é que educação e esporte andam juntos na formação de um indivíduo. Incrível, né? E isso reflete no resultado da delegação norte-americana em competições como Pan-Americano e Olimpíadas. Apesar disso, um segundo lugar já é algo para ser comemorado. Torcemos para o dia em que o esporte no Brasil seja tão valorizado quanto é nos EUA!

Comments


bottom of page